sábado, 30 de junho de 2012

O início nazista da OTAN: Como o Ocidente implementou os objetivos de Hitler

Quem deu a NATO o direito de governar o mundo? Este autor elucida como a elite ocidental, da qual muitos integrantes eram apoiadores de Hitler, resgatou uma grande parte da hierarquia nazista e a colocou em posição de continuar a luta de muitas décadas contra a Rússia. O "Um Por Cento" da época e o "Um Por Cento" de hoje enviou milhões para a morte, formulando e adotando a promessa de Winston Churchill de 1918 de "estrangular no seu nascimento" a ameaça bolchevique. O controle total dos ditos meios de comunicação tradicionais promoveu essa tarefa odiosa.

Robert S. Rodvik
Internet activist and the author of  


Vejam o texto integral em Red Voltaire

sexta-feira, 29 de junho de 2012

La "peste parda" levanta la cabeza en esta Grecia en crisis terminal. ¿Hay alguien para detenerla?



Estamos aquí ante una realidad espantosa y... muy prometedora para la continuación del drama griego. En efecto, un apoyo así patronal a los neonazis significa: a) que el dinero va ya a raudales a sus cajas, y b) que una parte apreciable de la burguesía griega (+20%) juega ya la carta del fascismo y de sus bandas armadas para contrarrestar el movimiento popular y su fuerza en ascenso que es Syriza. En suma, todo esto significa que se está ya muy lejos de las certezas ingenuas de las que da pruebas la izquierda griega, que persiste en subvalorar el peligro fascista cuando se limita a exorcizarlo con afirmaciones del tipo “el fascismo es algo totalmente extraño a los griegos” o “ahora que (los neonazis) están en el parlamento y los medios hablan de ellos, revelan su verdadera naturaleza y la gente va a comprender y darles la espalda...”
Desgraciadamente, no ocurre así en absoluto. En efecto, todo indica que Amanecer Dorado está muy enraizado en la sociedad griega y sobre todo que la adhesión a sus prácticas y sus objetivos no es en absoluto accidental, epidérmica o pasajera. Por ejemplo, la recuperación de Amanecer Dorado tras un mal momento inmediatamente después de la selecciones del 6 de mayo, es debida no a un pretendido “sosegamiento” de sus prácticas, sino más bien a su decisión muy consciente de hacer pasar sus acciones a un nivel cualitativamente superior de violencia (degüellos cotidianos de los inmigrantes en público, provocación y hechos violentos del nº 2 de los neonazis contra dos diputadas de izquierda “en directo” en un programa de TV, agresiones contra militantes de izquierda y ataques contra locales de los partidos de izquierda, etc.). En suma, lo que ocurre cada día ante nuestros ojos, es exactamente lo contrario de lo que predican los votos piadosos de la izquierda griega: la violencia de Amanecer Dorado contra los inmigrantes y los militantes de izquierda, no solo no hace disminuir sino que... aumenta su influencia y su capacidad de atracción de un lado entre ciertas capas sociales de desheredados y del otro en la burguesía y patronal griegas.


Confira a análise dos neonazistas gregos no Viento Sur

MP acusa Itaú de discriminação e quer anular milhares de demissões


O Ministério Público do Trabalho (MPT) apresentou na Justiça pedido de reintegração dos trabalhadores que foram demitidos pelo Itaú Unibanco desde março de 2011. A ação civil pública, assinada pela procuradora Margaret Matos de Carvalho, denuncia que as "inúmeras demissões" tiveram "nítido caráter discriminatório" e visaram aos mais velhos, às pessoas com deficiência e aos portadores de doenças ocupacionais.
"Os empregados dispensados eram os que contavam com mais idade e tempo de serviço, sendo que muitos se encontravam há poucos meses do tempo necessário para requerer aposentadoria", diz trecho da ação. Outra irregularidade das demissões, de acordo com a procuradora, é a falta de negociação coletiva prévia com as entidades sindicais que representam a categoria.
A procuradora não especifica na ação civil pública, que tramita desde a semana passada na 9ª Vara do Trabalho de Curitiba, o número exato de bancários que seriam beneficiados por uma eventual decisão favorável da Justiça. Com pedido de liminar, a ação do MPT solicita que o banco apresente a relação das dispensas efetuadas no período.
Entre março de 2011 e março deste ano, o total de funcionários do Itaú teria passado de 104 mil para 98,2 mil – uma redução de 7,8 mil postos de trabalho em todo o país.  Os dados fazem parte de uma pesquisa feita pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), a partir de números oficiais do Ministério do Trabalho. Apenas em Curitiba, 170 funcionários foram dispensados de janeiro até o último dia 15.

Confira na Rede Brasil Atual

MANIFESTO DE REPÚDIO PELO ASSASSINATO DOS PESCADORES DA AHOAMAR NO RIO


Os movimentos sociais e organizações da sociedade civil que subscrevem o presente Manifesto expressam sua indignação pelo brutal assassinato dos pescadores artesanais Almir Nogueira de Amorim e João Luiz Telles Penetra (Pituca), membros da Associação Homens e Mulheres do Mar (AHOMAR), da Baía de Guanabara. Exigimos que o Estado do Rio de Janeiro e o Estado Brasileiro tomem as providências imediatas para investigar os fatos, proteger e garantir a vida dos pescadores artesanais ameaçados.
Almir e Pituca eram lideranças da AHOMAR, organização de pescadores artesanais que luta contra os impactos socioambientais gerados por grandes empreendimentos econômicos que inviabilizam a pesca artesanal na Baía de Guanabara.
Ambos desapareceram na sexta-feira, dia 22 de junho de 2012, quando saíram para pescar. O corpo do Almir foi encontrado no domingo, dia 24 de junho, amarrado junto ao barco que estava submerso próximo à praia de São Lourenço, em Magé, Rio de Janeiro. O corpo de João Luiz Telles (Pituca) foi encontrado na segunda-feira, dia 25 de junho, com pés e mãos amarrados e em posição fetal, próximo à praia de São Gonçalo, Rio de Janeiro.


Continue lendo no Fazendo Media

“NÃO VAI FALAR, VAGABUNDA?”, DIZIA O TORTURADOR


“Zero Um” é o mais nervoso dos quatro policiais militares que revistam a casa de Marlene. Depois de encontrar um cigarro de maconha, além de um relógio, munição e um computador roubados, os PMs a levam para o quarto algemada, fazem com que ajoelhe e desferem uma rodada de tapas no seu rosto, coronhadas na cabeça e chutes pelo corpo. É de “Zero Um” a ideia de pegar um saco plástico: “Não vai falar, vagabunda?”. Ele coloca o saco preto ao redor da cabeça de Marlene. Ela desmaia.
O nome da vítima foi trocado, para preservar sua identidade, mas o apelido “Zero Um” é verídico, escolhido pelos PMs entre os codinomes usados pelos personagens de Tropa de Elite – filme que retrata a ação do grupo de elite da polícia militar do Rio de Janeiro.
Eram dez horas da noite do primeiro dia de 2012 quando a camareira de 28 anos autorizou a entrada dos policiais em sua casa, que fica em um bairro pobre de Manaus. Ela estava grávida de 5 meses, perdeu a criança dois dias depois. A “técnica” do  saco no rosto para extrair informação também aparece nas cenas de Tropa de Elite.
Na vida real, era o início de uma sessão de mais de duas horas de tortura – relatados por Marlene à reportagem da Pública que a visitou na Cadeia Pública Feminina “Desembargador Raimundo Vidal Pessoa”, onde está presa desde então por posse de objetos roubados.
Marlene acordou do desmaio provocado pela falta de ar dentro do saco preto com um jato de spray de pimenta no rosto e foi arrastada para a cozinha. Mais uma vez, foi de “Zero Um” a ideia: esquentar objetos metálicos no fogão. Os policiais usaram suas próprias ferramentas de trabalho para queimá-la: primeiro, a algema, pressionada em brasa contra sua perna esquerda com a ajuda de um alicate. Depois, a ponta do cano do revólver, dentro da pele queimada pela algema – formando dois círculos circunscritos.
As marcas deixadas pela polícia no corpo da camareira são inconfundíveis. São a prova de que eles não temiam punição. Embora amplamente conhecida pela população, a tortura cometida por agentes da lei é um tabu para a Justiça. Raramente condena-se um policial ou um agente carcerário pelo crime.

Confira a reportagem sobre o estado da tortura no Brasil na Agência Pública

Expectativa de vida do brasileiro aumenta 25 anos entre 1960 e 2010

Dados do Censo 2010, divulgados nesta sexta-feira (29), mostram que a expectativa de vida do brasileiro aumentou 25,4 anos no período entre 1960 e 2010, passando de 48 para 73,4 anos.


Mais dados sobre a demografia do Brasil disponíveis no UOL Notícias

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Mandados de busca no caso Megaupload são ilegais, decide corte na Nova Zelândia

Os mandados de busca usados para que 70 policiais da Nova Zelândia fizessem buscas e apreensões na mansão de Kim “Dotcom” Schmitz, fundador do Megaupload, foram considerados ilegais pela justiça do país. Em janeiro deste ano, o serviço foi tirado do ar pelo FBI, polícia federal americana, acusado de promover pirataria em massa, e Dotcom preso em cooperação entre os agentes internacionais.




Mais no UOL Notícias

Vídeo: Orlando Silva e o crime da Veja

video


Vídeo visto no blog BRASIL! BRASIL!

quarta-feira, 27 de junho de 2012

As forças britânicas já estariam operando na Síria.

Bashar Al Assad declarou que o país se encontra em "estado de guerra".

As forças operacionais especiais britânicas cruzaram a fronteira que separa a Turquia com o norte da Síria e já estão operando no país, segundo informou o diário digital israelense 'Debka'.

De acordo com a web hebréia, os primeiros informes não confirmados de fontes britânicas, francesas e turcas asseguram que nesta terça-feira, 26 de junho, os militares do Reino Unido avançaram até 10 km no interior da Síria. Segundo indícios, os britânicos tentam estabelecer uma zona de segurança ao longo da fronteira com Turquia, o que significaria o início da intervenção ocidental que tenta derrubar o regime de Bashar Al Assad. Por outro lado, informaram sobre os casos de dezenas de soldados sírios que foram aprisionados pelas forças rebeldes e trasladados pela força para o sul da Turquia.

Texto completo em RT ou uma tradução livre no blog NEBULOSA.DE.ÓRION

Coca-Cola vendida no Brasil tem maior concentração de substância potencialmente cancerígena

A Coca-Cola comercializada no Brasil contém a maior concentração do 4-metil-imidazol (4-MI), subproduto presente no corante Caramelo IV, classificado como possivelmente cancerígena. A análise foi realizada no Centro de Pesquisa CSPI (Center for Science in the Public Interest), de Washington D.C. Eles testaram a quantidade da substância nas latas de Coca-Cola também vendidas no Canadá, Emirados Árabe, México, Reino Unido e nos Estados Unidos. As informações sobre o estudo foram divulgadas pelo Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor).




Leia mais no UOL Notícias

Um misterioso arco de luz foi descoberto detrás de um aglomerado de galáxias.


O descobrimento surpreende os astrônomos, porque, segundo eles, tal arco não deveria existir.

Graças ao Telescópio Espacial Hubble, um grupo de astrônomo encontrou um desconcertante arco de luz azul detrás de um grupo de galáxias que se encontra a 10 bilhões de anos luz de distancia. A luz azulada formaria parte de uma galáxia mais distante que, segundo os pesquisadores, não deveria existir. 

Vejam mais em RT ou uma tradução livre no blog NEBULOSA.DE.ÓRION

terça-feira, 26 de junho de 2012

Entidade contra a homofobia pede a tribunal adoção da Carteira Social

O Observatório contra a Homofobia irá formalizar um pedido ao Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) para que adote a Carteira de Nome Social, instituída pelo governo do estado por meio do Decreto 49.122, de 17 de maio de 2012.
O objetivo é assegurar o direito à identidade de gênero e minimizar o preconceito, sobre o tratamento nominal, com a inclusão do nome social de travestis e transexuais nos registros estaduais relativos a serviços públicos prestados no âmbito do Poder Executivo. A iniciativa pioneira do governo gaúcho já foi adotada por Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte.

Fotos exclusivas de novos geoglifos descobertos na Amazônia

Pesquisadores descobriram mais 20 geoglifos durante sobrevoo nas margens da BR-317, entre os estados do Acre e Amazonas, o que eleva para mais de 300 a ocorrência dessas formas geométricas no solo da Amazônia Ocidental, localizadas principalmente nas bordas de planaltos nos vales dos afluentes a sudeste do Rio Purus.
Os geoglifos são estruturas arqueológicas com desenhos geométricos de vários formatos (linhas, quadrados, círculos, animais e até formas humanas), existentes em diversas partes do mundo. No Acre, só se tornaram visíveis após a derrubada da floresta. Segundo os estudiosos, os “desenhos” descobertos na Amazônia Ocidental são obras de povos antigos e desconhecidos.

Confira, inclusive as fotos, no Blog da Amazônia, do Terra Magazine

Por que Dilma não recebe Marin


A presidenta Dilma Rousseff fez questão de não receber o ex-presidente da CBF e do COL, Ricardo Teixeira que, diante do clima pesado acabou por fugir para Boca Raton.
E ela também não está nada disposta a receber o novo presidente das duas entidades, José Maria Marin.
E não é porque ele foi servil serviçal da ditadura, porque outros também foram, como José Sarney e Paulo Maluf, todos até homenageados.
Mas Marin fez mais.
Com seus discursos na Assembléia Legislativa de São Paulo, em 1975,  Marin foi fartamente responsável pela prisão que acabou no assassinato do jornalista Vladimir Herzog.
O então deputado Marin se desfazia em elogios ao torturador Sérgio Paranhos Fleury e ao seu bando, assim como engrossava “denúncias” sobre a existência de comunistas na TV Cultura, cujo jornalismo era dirigido por Vlado.

Continue lendo no blog do Juca Kfouri

Kate terá que fazer reverência a princesas da família real

Kate Middleton está no caminho para ser a nova rainha da Inglaterra, mas enquanto não ocupar o posto, terá que prestar reverência a outras mulheres da família real. A rainha Elizabeth atualizou hoje um protocolo que estabelece uma espécie de ordem de hierarquia na família, colocando Beatrice, Alexandra e Eugenie, princesas de sangue, à frente de Kate.




Mais em Zero Hora

Torturador conta rotina da Casa da Morte em Petrópolis

RIO — Depois de cinco horas de conversa, o velho oficial estava livre de um dos mais bem guardados segredos do regime militar: o propósito e a rotina do aparelho clandestino mantido nos anos 1970 pelo Centro de Informações do Exército (CIE) em Petrópolis, conhecido na literatura dos anos de chumbo como “Casa da Morte”, onde podem ter sido executados pelo menos 22 presos políticos. Passados quase 40 anos, um dos agentes que atuaram na casa, o tenente-coronel reformado Paulo Malhães, de 74 anos, o “Doutor Pablo” dos porões, quebrou o silêncio sobre o assunto.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/pais/torturador-conta-rotina-da-casa-da-morte-em-petropolis-5300155#ixzz1yrhkvi3H 

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Só psiquiatra explica Yeda, diz derrotado em prévia do PSDB no RS


Derrotado no último domingo por 56 votos a 53 na convenção do PSDB, que definiu a candidatura do professor Wambert di Lorenzo à prefeitura de Porto Alegre (RS), o deputado federal Nelson Marchezan Júnior disse nesta segunda-feira que a ex-governadora do Estado, Yeda Crusius (PSDB), saiu vitoriosa no seu objetivo de "criar atrito interno" no partido. Presidente do PSDB gaúcho, Marchezan garantiu que aceita o resultado, mas criticou a atuação de Yeda Crusius: "pergunte ao psiquiatra dela porque ela age assim."
"Isso é o PSDB do Rio Grande do Sul. Várias pessoas saíram ou até morreram brigados com ela. Infelizmente, quem vier para o PSDB tem que saber que vai ser impedido por ela de crescer, essa é a realidade. Tens que perguntar para o psiquiatra dela o porquê disso", criticou o parlamentar.


Mais no Terra

EUA mostram preocupação com rapidez de destituição de Lugo

Os Estados Unidos se declararam nesta segunda-feira "bastante preocupados" com a rapidez do julgamento político do Congresso paraguaio que destituiu na sexta-feira o presidente Fernando Lugo. "Temos acompanhado muito de perto os acontecimentos e continuamos bastante preocupados com a rapidez do processo utilizado para este julgamento político no Paraguai", disse a jornalistas a porta-voz do Departamento de Estado americano, Victoria Nuland.




Confira no Terra

Asfixiados pela crise na Espanha, imigrantes retornam só com lembranças

Há dois anos a família Smith enfrenta dificuldades econômicas. O marido de Rita, um eletricista de 52 anos, perdeu seu trabalho e recebe um seguro-desemprego, enquanto ela teve empregos temporários.

"Nossa renda está irregular e a alternativa que escolhemos é voltar. Afinal (o Equador) é onde está nossa terra, nossas raízes, nossa família", explica.

Rita trabalha temporariamente em uma empresa de jardinagem e, quando deixar de receber o salário, a parcela da hipoteca será maior que sua renda.

"Minha opinião é que temos que fechar a conta no banco: que fiquem com tudo se quiserem, mas não voltem a nos incomodar. Se deixarmos a dívida aberta, não posso prever como afetará meus filhos ao longo do tempo, pois já sabemos como enganaram todos nós", critica.

A história de Rita é semelhante à de milhares de imigrantes latino-americanos que chegaram à Espanha há mais de uma década com a intenção de ficar, mas agora enfrentam os efeitos da crise econômica e devem buscar novas oportunidades em seus países ou em outros destinos europeus.




Confira no UOL Economia

Unilever indeniza dona de casa que encontrou preservativo aberto em extrato de tomate

A Terceira Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça) manteve condenação por danos morais causados a dona de casa que encontrou um preservativo aberto em lata de extrato de tomate. A mulher receberá R$ 10 mil da fabricante pelo ocorrido. A “camisinha” só foi encontrada após o consumo do produto.



Depois de preparar o jantar para sua família e consumi-lo, ao procurar guardar o restante do extrato, a mulher encontrou o preservativo masculino enrolado no fundo da lata. Ela então levou a embalagem para análise na universidade local e entrou em contato com a fabricante. No entanto, a Unilever Brasil Ltda. recusou-se a compor amigavelmente os prejuízos morais alegados pela dona de casa, que entrou com ação na Justiça.

Em primeiro grau, a empresa foi condenada a pagar R$ 10 mil pelo dano. A sentença foi mantida pelo TJ-RS (Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul). No STJ, a Unilever alegava a nulidade do julgamento, pois seu pedido de prova pericial havia sido indeferido.



Confira na Última Instância