sexta-feira, 9 de novembro de 2012

A PRESENÇA DA OPUS DEI NA POLITICA NO BRASIL E NA AMÉRICA LATINA





Bento XVI saúda D. Javier Echevarría Rodríguez, Bispo titular de Cilibia, Prelado da Prelazia Pessoal do Opus Dei, Foto Flickr (Escritório de informação do Opus Dei

Título original: A Ópus Dei na América Latina
  A Opus Dei atua também no monopólio da imprensa. Controla o jornal "El Observador", de Montevidéu, e exerce influência sobre órgãos tradicionais da oligarquia como "El Mercurio", no Chile, "La Nación", na Argentina e "O Estado de São Paulo", no Brasil.
O elo com a imprensa é o curso de pós-graduação em jornalismo da Universidade de Navarra em São Paulo, coordenado por Carlos Alberto di Franco, numerário e comentarista do "Estadão" e da Rádio Eldorado.
O segundo homem da Opus Dei na imprensa brasileira é o também numerário Guilherme Doring Cunha Pereira, herdeiro do principal grupo de comunicação do Paraná ("Gazeta do Povo").

Os jornalistas Alberto Dines e Mário Augusto Jakobskind denunciam que a organização controla também a Sociedade Interamericana de Imprensa – SIP (na sigla em espanhol).  

Vejam mais em PATRIA LATINA

CEOs, advogados e jornalistas lideram lista de profissões com mais psicopatas

Para novo livro de psicólogo britânico, psicopatia é mais comum em profissões menos humanas e mais objetivas 

Circula pelos Estados Unidos um novo livro que lista as profissões que apresentam maior incidência desse distúrbio de personalidade para elucidar o comportamento de indivíduos psicopatas em ambientes de trabalho.
Segundo o psicólogo Kevin Dutton, autor de “A sabedoria dos psicopatas: o que santos, espiões e serial killers tem a ensinar sobre sucesso”, a carreira mais psicopata é a de CEO, seguida pela advocacia e pela comunicação social (apresentadores de rádio e TV). Cirurgiões aparecem em quinto lugar, logo à frente de jornalistas e agentes policiais.

 A profissões com maior incidência de psicopatas:

    CEO
    Advogado
    Comunicação Social (profissionais de Rádio e TV)
    Comerciante
    Cirurgião
    Jornalista
    Policial
    Sacerdote religioso
    Chef de Cozinha
    Burocratas

Vejam mais em OPERA MUNDI

A caça aos passaportes e o macartismo à brasileira

O ministro Joaquim Barbosa determinou aos 25 réus condenados no processo do chamado 'mensalão' que entreguem seus passaportes no prazo de 24 horas, a partir desta 4ª feira. A alegada medida 'cautelar' está prevista em lei para determinados casos, como informou Carta Maior em reportagem de Nadja Passos (leia nesta pág.).

Neste, porém, a decisão vem contaminada de um ingrediente que orientou todo o julgamento da Ação Penal 470 e lubrificou a parceria desfrutável entre a toga e a mídia.

Trata-se da afronta ao princípio básico da presunção da inocência, esquartejado em nome de uma panaceia complacente denominada 'domínio de fato'. Ou , 'o que eu acho que aconteceu doravante será a lei'.  

Vejam o texto completo em CARTA MAIOR

Dirceu reage: “Apreensão de passaportes é populismo jurídico”

Em nota, o ex-ministro critica a decisão de Joaquim Barbosa. “Nenhum ministro encarna o Judiciário - não estamos no absolutismo real. Nenhum ministro encarna a nação ou o povo - não estamos numa ditadura. Mesmo acatando a decisão, tenho o direito de me expressar diante de uma tentativa de intimidar os réus, cercear o direito de defesa e expor os demais ministros ao clamor popular instigado, via holofotes de certa mídia".

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Desemprego na Grécia bate recorde e chega a 25,4% em agosto


A taxa de desemprego na Grécia subiu pelo 39º mês consecutivo e atingiu a marca recorde de 25,4% em agosto, mais que o dobro da média de 11,5% da zona do euro. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (8) pelo serviço de estatísticas da Grécia, Elstat.
Em agosto, 1,27 milhão de gregos estavam desempregados, uma alta de 38% em relação ao mesmo mês do ano passado. Entre os jovens de 15 a 24 anos, o desemprego chega a 58%.
Esse número mais que triplicou desde que a economia grega entrou em crise, em 2008. (...)


Mais no UOL Economia

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Porto-riquenhos querem tornar-se o 51º estado dos EUA, aponta referendo


Os porto-riquenhos demonstraram, através de referendo, sua vontade de tornar-se o 51º dos Estados Unidos. Atualmente, a ilha caribenha é um território dos EUA e os habitantes são cidadãos americanos, mas são proibidos de votar nas eleições presidenciais. Na Câmara dos Representantes, Porto Rico também possui poder limitado.
Dividida em duas partes, a consulta popular questionava se a ilha deveria alterar a relação de 114 anos com os EUA e, caso quisessem em que direção. Quase 54% ou 922.374 pessoas preferiram mudar as condições da parceria, já 46% ou 786.749 cidadãos optaram por manter a situação vigente. A apuração atingia 96% dos 1.643 distritos nesta quarta-feira, 7.

Confira no Sul21

Coreia do Sul condecora Psy pelo sucesso de "Gangnam Style"

O Ministério sul-coreano da Cultura concederá uma das mais importantes condecorações do país ao cantor Psy, autor do hit mundial "Gangnam Style" e do videoclipe visto por milhões de pessoas na internet. Park Jae-Sang, conhecido pelo nome artístico, receberá a medalha da Ordem Okgwan do mérito cultural por "serviços excepcionais", anunciou o ministério."Psy foi escolhido não apenas por sua carreira como artista, mas também por ter tornado famoso o bairro de Gangnam, aumentado o interesse mundial pela Coreia do Sul", afirmou uma fonte do ministério.


Confira no Correio do Povo

Se você não é um dos 600 milhões que viram o vídeo, ele pode ser conferido no YouTube.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

No Supremo há quem não esconda: Lula é o alvo


É claro como o dia que partidos de oposição também têm seus escândalos. Mas, para ter autoridade ao abordar escândalos alheios, o PT deve, antes, tratar dos seus. E, ao contrário do que sempre fizeram os demais partidos, tratar disso também publicamente.
Como já informado aqui em outros comentários, além dos que estão em julgamento do mensalão havia, e há, um outro grande alvo. Esse alvo é Lula. No Supremo há quem não esconda isso em conversas reservadas. Da mesma forma, na mídia.
Em comentário do dia 3 de outubro (Julgamento & eleições: a Justiça na balança),informávamos o que está nas linhas abaixo: 
- Esse, de Minas, (o do "mensalão" do PSDB) não é o único grande julgamento de políticos germinando. Com poder e influência no Supremo, há quem aposte e já insinue um outro grande alvo. Alvo decorrente desse julgamento agora em andamento… É anotar e aguardar…

Confira o texto no Terra Magazine

Pais que jogaram ácido na filha defendem ataque

Um casal preso no Paquistão suspeitos do assassinato da filha com ácido disse nesta segunda-feira que o ataque ocorreu porque a menina olhou para um garoto.

O pai de Anusha, de 15 anos, disse à BBC que temia que a atitude da menina pudesse desonrar a família. Muhammad Zafar também é acusado de ter espancado a filha e mantido a adolescente isolada por um dia, sem acesso a cuidados médicos.

A mãe disse que era o "destino" da garota morrer dessa maneira.

Ela teve mais de 60% do corpo queimado pelo ácido.


Confira a notícia da BBC Brasil, disponível no UOL

Desemprego na Espanha volta a subir em outubro

O desemprego registrou alta de 2,73% no mês de outubro na Espanha, elevando o número de pessoas em idade ativa sem trabalho para 4,83 milhões, informou o Ministério do Trabalho. O anúncio ocorre em meio à rígida política de austeridade, que ameaça atrasar o fim da recessão no país.


Confira no Correio do Povo

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Malcom X


Visto em INSURGENTE.ORG (05.11.2012)

(Vídeo) Brasil: Marighella Poesia Liberdade

Sua vida
Carlos Marighella nasceu em Salvador, Bahia, em 5 de dezembro de 1911. Era filho de imigrante italiano com uma negra descendente dos haussás, conhecidos pela combatividade nas sublevações contra a escravidão.
De origem humilde, ainda adolescente despertou para as lutas sociais. Aos 18 anos iniciou curso de Engenharia na Escola Politécnica da Bahia e tornou-se militante do Partido Comunista, dedicando sua vida à causa dos trabalhadores, da independência nacional e do socialismo.
Conheceu a prisão pela primeira vez em 1932, após escrever um poema contendo críticas ao interventor Juracy Magalhães. Libertado, prosseguiria na militância política, interrompendo os estudos universitários no 3o ano, em 1932, quando deslocou-se para o Rio de Janeiro.


Vejam mais em KAOSENLARED.NET

Pesquisadores liderados pela USP podem descobrir planetas a 110 anos-luz da Terra

Fernanda Cruz
Repórter da Agência Brasil
São Paulo – Um dos projetos mais ambiciosos já liderados por uma equipe brasileira poderá resultar na descoberta de novos planetas, distantes 110 anos-luz da Terra - cada ano-luz equivale a aproximadamente 9,46 trilhões de quilômetros. Conduzida em conjunto com cientistas da Austrália, Alemanha e Estados Unidos, a pesquisa é coordenada  por Jorge Meléndez, astrônomo do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da Universidade de São Paulo (USP).
Os estudos foram feitos num telescópio localizado no Chile, que mede 3,6 metros e pertence ao European Southern Observatory (ESO). A equipe recebeu o direito de utilizar o equipamento durante 88 noites, um período de tempo considerado extenso pelo cientista. “Que eu saiba, é a primeira vez que um projeto tão longo é aprovado para o Brasil”.
Nos meses de janeiro e março, os cientistas embarcam novamente para o Chile e, se as condições meteorológicas colaborarem, poderão obter os dados que levarão ao anúncio da primeira descoberta de um planeta pela equipe. 

Vejam mais em AGÊNCIA BRASIL

domingo, 4 de novembro de 2012

As raízes do golpismo da direita brasileira

Até 1930 a direita brasileira dispunha a seu bel prazer do Estado, colocava-o totalmente a serviço dos interesses primário-exportadores, desconhecendo as necessidades das classes populares. Getúlio fez a brusca transição de um presidente – Washington Luiz, carioca adotado pela elite paulista, como FHC – que afirmava que “Questão social é questão de polícia”, para o reconhecimento dos direitos dos trabalhadores pelo Estado.

Com o surgimento da primeira grande corrente de caráter popular, a direita passou a ficar acuada. A democratização econômica e social foi seguida da democratização politica, com o processo eleitoral consagrando as candidaturas com apoio popular, Sucessivamente, em 1945, 1950, 1955, a direita foi derrotada e acostumou-se a bater na porta dos quarteis, pedindo golpe militar. 

Vejam o texto completo no blog do EMIR

O julgamento do mensalão e suas consequências jurídicas

Jornal do Brasil 

Margarida Maria Lacombe Camargo - pesquisadora da Fundação Casa de Rui Barbosa e professora da Faculdade Nacional de Direito (UFRJ) e da Universidade Católica de Petrópolis 


Uma das maiores conquistas da humanidade, e que marca o seu grau de civilização, é o chamado Estado de Direito. Governo das leis e não dos homens, impede o arbítrio daqueles que detêm o poder do uso da força. Oferece segurança ao subordinar governantes e governados ao império da lei, e é capaz de oferecer segurança ao conferir previsibilidade sobre o que pode ou não pode ser feito, apontando de antemão a conduta devida. A lei nos proporciona, assim, responsabilizar aqueles que ultrapassam os limites impostos. É a garantia das garantias do cidadão. 

Vejamos como isso funciona. A norma jurídica é uma hipótese geral e abstrata que serve de padrão de interpretação para fatos e atos da vida humana. Um ato é tido como delituoso quando corresponde a alguma hipótese que a lei aponta como indevida, ou melhor, proibida. Sobre o autor da conduta então verificada, sob o parâmetro legal, como delituosa, recai uma sanção. A possibilidade da aplicação da sanção é o que caracteriza a força coercitiva e inibidora do Direito. Podemos então concluir, desde logo, que a clareza da disposição normativa que informa a conduta indevida é fundamental para conhecermos os limites da nossa liberdade. 

Vejam o texto completo no JORNAL DO BRASIL


Quem deu a Azeredo o dinheiro da Cemig?

O delegado da Polícia Federal Luís Flávio Zampronha de Oliveira indiciou três ex-dirigentes da Cemig e quatro funcionários que trabalhavam na Superintendência de Comunicação Social da empresa, acusados de autorizar pagamentos à agência de publicidade de Marcos Valério, como forma de desviar dinheiro para a campanha de Eduardo Azeredo, em 1998. Mas ele aparentemente se esqueceu de um detalhe: na época, a Cemig era dirigida, para todos os efeitos, pelos chamados "parceiros estratégicos" que haviam comprado 32,96% das ações com direito a voto, em maio de 1997. Quem eram esses parceiros do governo de Minas na gestão da empresa? Eram, sobretudo, grandes interessados na vitória de Azeredo, pois seu principal concorrente, Itamar Franco, do PMDB, vinha declarando sua oposição ao acordo de acionistas que lhes dera de mão beijada o controle da estatal. 

Esses "parceiros estratégicos" têm nome. O mais destacado hoje é o Banco Opportunity, que começou a operar em 1996. Foi fundado por Daniel Dantas, que tinha como sócio um ex-presidente do Banco Central, Pérsio Arida, e administrava fundos de pensão públicos. Os outros que formavam com o Opportunity o consórcio Southern Electric Brasil Participações Ltda, eram duas empresas de eletricidade dos Estados Unidos, a Southern Electric e a AES. 


Confira este texto no blog do Luís Nassif